Skip to content

O Homem Imortal

Nós passamos a vida toda procurando fazer o maior número de coisas possíveis.
Fazemos isso porque sabemos que o tempo passa, e o número de sucessos e vitórias nas nossas vidas são limitados, então anseamos por realizar o máximo que pudermos no nosso pouco tempo.

Mas e se não fosse assim? Se alguém fosse imortal… Que propósito teria de alcançar qualquer coisa, sabendo que é possível deixa-lá para amanhã, pois o tempo não mais mais o caráter impositivo que nos obriga a nos esforçar tanto.

Acredito que se tivessemos alcançado a vida eterna, nossas atitudes de hábitos seriam os outros. Por podermos TUDO exceto morrer, acho que nosso objetivo de vida se inverteria. Buscaríamos então a nossa própria morte. Não necessariamente o nosso sofrimento, mas alguma maneira que nos pudesse levar a morte, pois é a única coisa que não podemos repetir, assim como agora não podemos recuperar as nossas oportunidades perdidas.

Enquanto que nós nos preocupamos tanto em achar um objetivo maior na vida que nos resta, e dedicamos boa parte do nosso tempo precioso com esse objetivo único, o mesmo ocorreria se fossemos imortais, mas a nossa grande dedicação e busca de algo maior não seria com um objetivo ou uma carreira, mas seria a nossa própria morte, a única coisa que não conseguimos de outra forma.

Não digo que seríamos suicídas, porque a própria idéia do suicídio implica que você CONSEGUE fazer, que é fácil, mas não é nobre ou orgulhoso. Enfim, seria o mesmo que na nossa vida de mortal vivermos como vagabundos, sem ter ambição, nos dois estamos desperdiçando nossas oportunidades.

Um ser imortal teria então um paradigma de vida completamente diferente. Diria até superior, por ser capaz de obversar todos os mortais sem a preocupação do tempo, e simplesmente entrar em equilíbrio com tudo que existe, não temendo o ciclo da vida em todas as suas etapas por saber que, embora para todos os outros a morte seja algo extremo, para ele seria simplesmente natural ver os outros morrendo.

É por isso, então, que eu já estou colocando o meu argumento desta forma, pra não precisar perder tempo discutindo com ninguém para provar a todos que o Kanpaichi “Kenny” Zaraki, é o personagem mais foda, não de todos os capitães ou do Bleach, mas de todos os animes, por ser o único que atingiu esse novo estado de consciência que é não ser mortal.

Enquanto que lutamos por nossas vidas, ele luta porque quer ter a luta mais foda de todas, que quer ter a MORTE mais foda de todas, e por isso ele faz os caracas que ele quiser.

Advertisements